Como iniciar

Dentro do alpinismo, o estilo que mais se desenvolveu no Brasil foi a escalada em rocha, logicamente porque não possuímos montanhas nevadas. Porém, mesmo as montanhas brasileiras sendo de altitudes modestas, possuem em algumas regiões uma verticalidade impressionante. É justamente esta verticalidade, aliada ao número de saliências e reentrâncias que se encontram na rocha, que define o grau de dificuldade a ser superado.

Existem tabelas padronizadas mundialmente, que classificam cada uma das rotas ou vias de escalada de acordo com o seu grau de dificuldade, assim o escalador pode saber com antecedência o quanto será exigido. Isso também acontece nas escaladas em gelo, quando todo alpinista prudente busca antecedentes sobre a montanha que pretende enfrentar, sanando antes da escalada deficiências materiais e exigindo de si mesmo um preparo físico e técnico maior.

Os equipamentos de alpinismo são testados na montanha e aprimorados em laboratórios sob rigorosos testes de qualidade, garantem dessa forma total segurança, desde que usados corretamente. É sempre bom lembrar que o alpinismo é um esporte perigoso e que acidentes fatais podem acontecer. As estatísticas mostram que quase todos esses acidentes são frutos da imprudência ou da falta de conhecimento das regras de segurança e do uso adequado dos equipamentos. Por isso é altamente recomendado a realização de cursos em clubes de montanhismo, ginásio de escalada ou com um bom guia de montanha, para que não se tenha problemas no futuro.

Naturalmente, para ser um alpinista, é necessário ser um amante das montanhas, e para que este amor seja eterno, o contato inicial deve vir aos poucos. O ideal é começar o aprendizado com caminhadas, acampamentos, e apenas mais tarde se dedicar as escaladas. Em todo caso, somente depois de criar intimidade com a montanha e possuir experiência para enfrentar eventuais imprevistos, é que valerá a pena enfrentar grandes desafios.

Desde os tempos das primeiras conquistas muita coisa mudou no alpinismo. Diversos estilos de escalada foram surgindo, cada qual se adaptando ao tipo das montanhas ou às preferências de seus praticantes. O que realmente não mudou é a vontade de escapar das condições de vida das grandes cidades e das limitações impostas pela sociedade moderna, assim como ficou invariável o desejo de se confrontar de perto com a imponência da natureza. Continua sendo um esporte para todos que amam a aventura, a liberdade de seguir o seu próprio caminho e a contemplação da natureza em seu aspecto mais selvagem.

Veja endereços de Clubes de Montanhismo, lojas e academias de escaladas em Links.