Fase de muito trabalho, palestras, livro e nova expedição no horizonte!

Waldemar Niclevicz em frente ao Dente del Gigante, Maciço do Mont Blanc. Foto de Michela Giorgio

Vale mais a pena encarar a vida como uma segunda-feira do que como um feriado prolongado.

Um amigo me disse que o mês de março sempre parece uma segunda-feira. No começo eu não entendi, mas ele foi me explicando que depois das Festas, férias e Carnaval, é quando tudo começa a acontecer e ficamos em uma ciranda enlouquecida tentando fazer o que é possível. Concordo com ele e posso dizer, sem exageros, que os períodos que fico no Brasil entre as expedições, são verdadeiras segundas-feiras, e o mais importante, que eu adoro segundas-feiras. Desde que voltei ao Brasil da Ex...