Niclevicz volta ao Brasil após realizar mais uma expedição do Projeto Mundo Andino.

Vista das proximidades do cume do San Lorenzo, no centro da foto, próximo, o Cume Noroeste (3.567m) do San Lorenzo, que precisamos escalar para ter acesso ao Cume Principal do San Lorenzo (3.706m).

Alguns desafios podem parecer grandes, complexos e difíceis demais, mas são os que mais nos chamam a atenção, não podemos esquecê-los, temos que enfrentá-los.

Na véspera do Carnaval estacionei o caminhão Andino em Curitiba após dirigir 5 mil quilômetros desde Cochrane, sul do Chile. Foi difícil dar as costas para as montanhas da Patagônia e rumar para o Brasil. A pampa argentina parecia interminável, o tráfego das estradas insuportável, e o caos urbano das grandes cidades me fazendo perguntar: como conseguimos viver assim?A resposta pode não ser simples, mas necessária: temos que seguir em frente, seguir os nossos sonhos custe o que custar,...